quinta-feira, 30 de junho de 2016

Ame mais, julgue menos

E aí gente tudo bom?  bom espero que sim. Hoje estou pra gente bater um papinho sobre uma coisa que é muito difícil de fazer, que é amar mais e julgar menos.
Pra nós que somos serumaninhos feito de carne é extremamente complicado controlarmos nossa origem  pecaminosa que adora julgar, criticar,apontar dedo, etc e tal. Mas  graças a Deus nós temos chance de matar essa nossa carne todos os dias, e isso acontece quando alimentamos o espírito que também habita em nós, até o ponto em que ele seja maior que a carne. E esse é um processo diário, porque todo os dias (sem exceção) nossa carne no chama pra pecar, até porque somos feito disso, é a nossa natureza. Essa proporção entre carne e espirito nunca vai estar 50 50 pois essas duas coisas brigam o tempo porque  alguma precisa prevalecer em você.
Nós  SEMPRE vamos julgar as pessoas ás vezes vamos fazer isso sem nem nos darmos conta, pois isso é o que a nossa natureza humana nos induz à fazer, mas temos quer estar montados no espirito para podermos olhar para situações em que geralmente julgamos, com  amor,compaixão e compreensão que é como Cristo olha pra nós.  Por exemplos: quando nossa mãe nos trata mal porque  esta estressada ; quando aquela menina da igreja passa o rodo em geral; aquele garoto da escola que se corta, aquela menina sem noção que se acha melhor que todo mundo. Eu sei que é complicado não mandar os prints das fotos zoadas das inimigas  pras amigas; não ficamos comentando que a menina é piranha  mó rodada, de não mandarmos áudios gigantes pra nossas amigas falando
 o quanto nossas mães estão insuportáveis. Mas temos que olhar pra quem imitamos, que é Cristo.  João 8:3-11 Os mestres da lei e os fariseus trouxeram-lhe uma mulher surpreendida em adultério. Fizeram-na ficar em pé diante de todos e disseram a Jesus: '"Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.Na Lei, Moisés nos ordena apedrejar tais mulheres. E o senhor, que diz? "Eles estavam usando essa pergunta como armadilha, a fim de terem uma base para acusá-lo. Mas Jesus inclinou-se e começou a escrever no chão com o dedo. Visto que continuavam a interrogá-lo, ele se levantou e lhes disse: "Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra nela".Inclinou-se novamente e continuou escrevendo no chão. Os que o ouviram foram saindo, um de cada vez, começando com os mais velhos. Jesus ficou só, com a mulher em pé diante dele.Então Jesus pôs-se de pé e perguntou-lhe: "Mulher, onde estão eles? Ninguém a condenou?""Ninguém, Senhor", disse ela. Declarou Jesus: "Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado".
Precisamos de humildade para reconhecermos que nós somos pecadores e Deus não vê distinção entre pecados e nessa passagem podemos ver claramente que o Cristo que seguimos não é acusador, pelo o contrário ele entende nossa natureza e convida a gente à se arrepender do nossos  pecados e mudarmos nossa postura Se ele que é Soberano não condena quem somos nós para fazer isso?
Espero que tenham gostado um beijão e fiquem com Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário